Locomotivas da Portos dos Açores passam a peças de Museu

Depois de ser reparadas e recuperadas, as Locomotivas da Portos dos Açores passarão a peças de Museu, com a dignidade que merecem. O Conselho do GRA aprovou uma resolução que autoriza a celebração de um contrato-programa, entre a GRA e a Portos dos Açores, tendo em vista a recuperação das locomotivas, propriedade desta entidade. Inclui a concretização de uma proposta de musealização das antigas oficinas do Porto de Ponta Delgada que as alberga.

A Linha do Porto de Ponta Delgada foi uma ferrovia de bitola extralarga (2 140 mm) que ligava o Porto de Ponta Delgada à Pranchinha, um lugar na zona leste da cidade de Ponta Delgada, numa extensão de aproximadamente 10 Km.

A linha foi construída ao mesmo tempo que o molhe do porto, em 1861. Para auxílio à construção do quebra-mar, foi importado diversos equipamentos de Holyhead, País de Gales, que fora utilizado na construção do quebra-mar do porto local.

A linha do Porto de Ponta Delgada só funcionava para a construção e manutenção do molhe. Não servia de transporte público. A última vez de que há registos de atividade, foi em 1973. Para tal, havia 3 locomotivas a vapor e 39 vagões para trazer pedra de uma pedreira próxima até ao porto.

A locomotiva n.º 1, construída em 1861 pela casa Neilson & Company (n.º 697), foi a última das 3 que veio em segunda mão para os Açores. A n.º 2 foi construída pela Black & Hawthorn (n.º 766), entre 1880 e 1885, e a n.º 3, pela Falcon (n.º 165), em 1888.

Pelo menos duas das locomotivas, que estiveram durante muitos anos expostas nos jardins do Museu Carlos Machado, estão armazenadas atualmente nas oficinas da Portos dos Açores, em Ponta Delgada. E nas imediações do porto, encontra-se um vagão Plinthed (um vagão para mistura de cimento) recuperado e em muito bom estado de conservação.

Um estudo estimou em cerca de 200 mil Euros a recuperação deste património de elevado valor histórico, mas nenhuma decisão seria tomada pelo anteriores Governos regionais. Isto era uma mais-valia para a valorização da cidade de Ponta Delgada e seu porto comercial.

Categoria:Educação, Ciência e Cultura