Pilotos da Portos dos Açores com pré-aviso de greve

O Sindicato Oficiais de Mar anunciou hoje que entregou um pré-aviso de greve dos pilotos das ilhas de São Miguel e Santa Maria afetos à Portos dos Açores, a vigorar de 15 de outubro a 15 de novembro.

No pré-aviso de greve, a que agência Lusa teve acesso, os pilotos das ilhas de São Miguel e Santa Maria falam numa paralisação "com início às 00h00 do dia 15 de outubro de 2021 e término às 24h00 do dia 15 de novembro de 2021". Como objetivos da greve, os pilotos alegam pretender "acabar com a ingerência na autonomia técnica".

Em declarações à Lusa, Carlos Sousa Coutinho, da Direção do Sindicato, salientou que a autonomia técnica dos pilotos está a ser posta em causa devido à imposição de um capacete por parte da Administração da Portos dos Açores. Dizem que isso "coloca em risco a prestação da atividade profissional em condições de Segurança e Saúde".

Segundo o representante, os pilotos sentem-se "inseguros" em realizar algumas manobras quando estão com capacete, que limita a visão periférica e a audição. E que essa imposição não tem paralelo em nenhuma parte dos portos nacionais e internacionais", afirmou.

"Recebemos recentemente do Presidente da Portos dos Açores uma situação fechada em relação a este assunto. Procurámos o diálogo para que esse uso fosse apenas uma recomendação", concluiu. Assim, o uso do capacete é mesmo obrigatório. Nos locais de trabalho, o empregador tem o dever legal de implementar as medidas técnicas e organizacionais que garantam a proteção dos trabalhadores, designadamente a utilização de equipamento de proteção individual (EPI)”.


Categoria:Economia e Empresas