AMH ganhou 1.º Prémio Nacional de “Boas Práticas”

A Assoc. Nacional de Assembleias Municipais (ANAM) realizou em Ourém uma reunião de trabalho que culminou com a cerimónia de entrega de prémios “ANAM 2021”, onde a Assembleia Municipal da Horta (AMH) foi galardoada com o 1.º Primeiro Nacional de “Boas Práticas”.

 Este galardão, partilhado com a congénere de Lamego premeia “a promoção das Boas Práticas no seu funcionamento e seu impacto local na relação com os munícipes, tendo os seguintes critérios de seleção: prática inspiradora, envolvimento efetivo de toda a comunidade e continuidade do projeto no tempo.”

A AMH esteve representada pelo Deputado municipal Hugo Parente (eleito pelo PSD), que transmitiu uma mensagem de Teresa Ribeiro, dirigida aos presidentes das Assembleias Municipais de todo o país.

Teresa Ribeiro começou por agradecer e afirmar o orgulho que sente em liderar um órgão autárquico, cujo trabalho agora reconhecido é, inequivocamente, mérito de todos os seus intervenientes, lembrando que “esta gentileza é acima de tudo, um incentivo para todos os que compõem a AMH, por via de eleição direta ou por inerência do cargo de Presidente de Junta de Freguesia”.

No âmbito da sua ação, Teresa Ribeiro descreveu aos restantes presidentes, a “importância de promover a discussão dos assuntos que os munícipes desejam ver discutidos, bem como a importância de integrar os cidadãos no processo de esclarecimento e contraditório democrático.”

Entre outras ações, a Comissão Especializada Permanente das Acessibilidades - Aéreas e Marítimas (CEPA-AM), foi apresentada por Teresa Ribeiro às restantes Assembleias Municipais, como um exemplo, dentro das possibilidades que se oferecem às Assembleias Municipais, para a recolha de informação e pressão política. Neste caso, foram auscultadas 13 entidades locais e regionais, sobre os três assuntos mais prementes para os Faialenses, nomeadamente e em concreto: os constrangimentos impostos pela SATA, a ambição de aumento da pista do Aeroporto da Horta e a adequação do Reordenamento do Porto da Horta.

Teresa Ribeiro afirmou a importância da divulgação das competências e missão das Assembleias Municipais, começando desde logo pelas Escolas, recordando a sessão realizada na Escola Secundária Manuel de Arriaga (ESMA), que contou com a presença de muitos alunos, professores e funcionários.

No integrado processo de aproximação aos eleitores, a Presidente da AMH enfatizou a importância da descentralização das sessões plenárias pelas freguesias faialenses, bem como a parceria estabelecida com a Rádio Antena Nove com a transmissão em direto das sessões, apoiada pelo acompanhamento da imprensa escrita local - Jornal Incentivo e Tribuna das Ilhas - e da RTP-Açores.

Afirmando o sentimento de pertença à sua comunidade, Teresa Ribeiro, disse que tal como escreveu Manuel Medeiros Ferreira, em Ilhas de Bruma, “nas veias corre-me basalto negro e na lembrança vulcões e terramotos” e por isso, no seu agradecimento, terminou convidando todos os presidentes das Assembleias Municipais a visitar o Faial e “conhecer esta ilha, à qual muito me orgulha pertencer e que se habituou a receber de braços abertos, todos aqueles que cruzam continentes, e ainda hoje, encontram na nossa baía, o melhor hotel do Atlântico Norte, a Marina da Horta” e onde podem “constatar que o orgulho do nosso passado, faz com que continuemos a olhar com respeito para o nosso Museu da Caça à Baleia, antes de fazermos um esplendoroso passeio de barco para observar e contemplar baleias e golfinhos.”

Fonte: Comunicado de Imprensa da Sra. Presidente da AMH, de 2 de setembro de 2021.

Categoria:Notícias do Faial